Review Dunlop CX 200

dunlop cx 200

Review Dunlop CX 200

Aceitando pedidos de trazer raquetes um pouco mais diversificadas das marcas tradicionais, começamos esse ano falando da Dunlop CX 200, que foi para mim a maior surpresa de 2020!

Nesse artigo você vai encontrar:

  • Especificações;
  • Funcionamento em quadra;
  • Conclusão

Especificações da Dunlop CX 200:

Pintura preta com vermelho

Tamanho da cabeça: 98 polegadas

Peso: 305 gramas (sem corda)

Equilíbrio: 315mm \  9 pt HL (sem corda)

Padrão de cordas: 16×19

Recomendação de tensão: 45-65 libras.

Rigidez: 65 RA

Swingweight: 319 (encordoada)

Funcionamento em quadra:

Nos momentos iniciais já dá para perceber duas coisas bem características, que é um feel muito bom na hora da batida e uma raquete muito confortável de jogar. Além desses aspectos, ela oferece uma sensação mais aveludada, com uma batida mais macia.

Golpes de Fundo

Nos golpes de fundo, a principal vantagem é que ela é uma raquete muito equilibrada, então ela tem uma boa distribuição em relação ao controle, spin e potência.

É um raquete da linha de controle da Dunlop, mas o que mais chama atenção quando comparada a outras raquetes de 305 gramas de outras marcas, é que ela tem um potencial de spin formidável!

Na direita, consegui girar muito bem a bola, ela é muito constante e sólida nos golpes, ou seja, a variação dos golpes, em relação a profundidade é pequena e os golpes se apresentaram de forma bem uniforme. Então na direita consegui jogar bem agressivo, com muito spin, com a bola com muito peso e deixando sempre o adversário bem desconfortável.

Na esquerda foi a mesma coisa, considero essa raquete muito versátil pra slice e para a troca de direção. O manuseio dela, por ser uma raquete de 305 gramas, é fantástica!

Devolução de saque

Nas devoluções de saque ela é muito rápida, então eu tive muita facilidade de responder com minha esquerda ou de tomar uma iniciativa do ponto se o saque o meu adversário vinha na minha direita, principalmente se fosse um saque fraco.

Voleio

Gostei demais do voleio, e equilibrio é a palavra chave desta raquete. É muito boa para fazer drops e voleios com firmeza e profundidade.

Saque

No saque não vi ela como uma raquete com tanta potência (por mais que tenha conseguido gerar potência). Consegui gerar muito mais efeito do que potência. Consegui posicionar muito bem nos meus saques e de que certa forma meu saque evoluiu (foram meses de testes para trazer um review mais completo para vocês).

Conclusão

A Dunlop Cx 200 é uma raquete fantástica (estou usando no meu dia a dia), super equilibrada e estável, uma raquete que fornece um potencial de spin maravilhoso, não sei se era a proposta da Dunlop, até porque ela tem uma linha (SX) que é de spin. Essa raquete para meu jogo casou perfeitamente, muito equilibrada em todos os pontos e o que consegui também no saque foi bastante efeito (As bolas cruzadas com muito efeito, aquela bola curta que consegue angular bem, tanto na direita quanto na esquerda).

No próximo post estaremos fazendo a comparação dela com a EZONE 98. E se liga nos próximos posts, pois vem novidades ai!

Caso queira ver nosso bate bola em quadra com ela é só clicar no vídeo Review Dunlop Cx 200 abaixo:

One thought on “Review Dunlop CX 200

  1. Pingback: Review Head Radical MP 2021 - Empório do Tenista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir chat
1
Precisa de ajuda?
Empório do Tenista
Olá! Podemos te ajudar?